Amizade: liberdade da alma e alegria do espírito.

Em um de seus belíssimos escritos, São Gregório Nazianzeno, um dos padres da Igreja, escreveu sobre seu amigo São Basílio, e nos explicou um pouco como viviam profundamente a amizade: “Encontramo-nos em Atenas. Como o curso de um rio, que partindo da única fonte se divide em muitos braços, Basílio e eu nos tínhamos separado … Mais Amizade: liberdade da alma e alegria do espírito.

O Mito do Andrógino.

O quarto discurso que é apresentado na obra platônica “O Banquete”, produzido por Aristófanes, é o mito do Andrógino, também chamado por alguns de mito das almas gêmeas. Ei-lo: “Na verdade, Erixímaco, disse Aristófanes, é de outro modo que tenho a intenção de falar, diferente do teu e do de Pausânias. Com efeito, parece-me os homens absolutamente … Mais O Mito do Andrógino.

Um gole de humor.

Quando o astral está em baixa, nada melhor do que um cafezinho. Já se sabia que a cafeína contida no café e, em menor quantidade, no chá preto é um estimulante capaz de afastar o sono ou o cansaço. Agora, cientistas suecos que pesquisam o efeito da cafeína no cérebro descobriram que a substância age … Mais Um gole de humor.

“Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.”

E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança ou proximidade. E começa aprender que beijos não são contratos, tampouco promessas de amor eterno. Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos radiantes, com a graça de um adulto – e não com a tristeza de … Mais “Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.”

Cadê todo mundo?

A vida tem fases. Da infância à fase adulta, passamos por estágios, crescemos e alcançamos a maturidade. Através desse caminho, encontramos diversas pessoas que chegam e depois desaparecem como chegaram: de repente. Onde estão meus amigos da infância? Aqueles pequenos e inocentes travessos que brincavam comigo, meu primeiro círculo de amizades fora da família. Vários … Mais Cadê todo mundo?

Algumas vezes temporal; outras, calmaria.

Vamos seguindo um roteiro tal qual o tempo: ora calmaria ora tempestades. Acordamos tanto em dias claros, com a luz generosa do sol iluminando o azul límpido do céu, como em dias nublados, chuvosos, pesados escondendo o azul que nos encanta. Mas temos uma inabalável certeza: mesmo que nas tempestades nuvens escuras façam desaparecer aos … Mais Algumas vezes temporal; outras, calmaria.