Eita moleza!

 

Um desejo de nada
Um inconstantismo sem fim
A cabeça dividida
Faz não! Faz sim!

Um tédio insignificante
Para quem não quer ficar sozinho
Uma procrastinação maçante de muitos mimizinhos.
Andar para frente ou para trás

Sei lá! Parece que tanto faz
Mas ao mesmo tempo quero viver sem tempo a perder
Sai então de mim preguiça
Deixa meu sangue correr nas veias
Porque eu sou filho do ressuscitado
Que vive pra valer.

Fernando Mauri

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s